Antigo Testamento

Novo Testamento

PERSONAGENS ANÔNIMOS

Artigos E Curiosidades

Pecaías, o 17º rei de Israel

segunda-feira, 3 de novembro de 2014



Pecaías foi rei de Israel de 738 a.C. a 737 a.C., e o sexto a ser assassinado pelo sucessor depois de um reinado muito breve.

Ele era filho e sucessor de Menaém, que tinha governado uma nação muito perturbada e instável. Assim como seu pai, ele era um idólatra e "fez o que o Senhor reprova" (2Rs 15.24). 

Sob a direção de Menaém, Israel quase foi dilacerado a ponto de se deflagrar uma guerra civil por facções a favor e contra a Assíria. O reino tinha sido vassalo da Assíria, e é provável que Pecaías tenha dado continuidade a essa política.

Peca, seu assassino, se opunha ao pagamento de tributos à Assíria e, por fim, recusou-se a pagá-los depois de ter reinado por cerca de quatro anos.

Muitas evidências levam à conclusão de que Peca fora um militar de alta patente clandestinamente armou uma aliança com Damasco, a capital de Arã (Síria), enquanto planejava o assassino de seu rei (2Rs 15.37). Pecaías reinou durante pouco menos que dois anos.
Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)
Fonte: jornal-da-assembleia.blogspot.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Últimas Postagens

Postagens Aleatórias

Postagens Mais Lidas